segunda-feira, 7 de abril de 2014

Especial: 07 de Abril Dia do Jornalista
Uma homenagem a um Liberal !

Retrato de Lìbero Badaró por Tancredo do Amaral


O Dia do Jornalista é comemorado no Brasil em homenagem a João Batista Líbero Badaró.
Badaró de origem italiana, foi médico e jornalista. Ele chegou a São Paulo em 1826, aos 28 anos de idade. 
Logo em seguida fundou o jornal oposicionista "Observador Constitucional", onde denunciava os desmandos e excessos  cometidos pelo governo de Dom Pedro I. Líbero Badaró foi um dos primeiros a escrever no Brasil em defesa da liberdade de expressão, refutando sempre a tese de que os abusos praticados pela imprensa justificam o cerceamento da liberdade.
No dia 20 de novembro de 1830, às 22 horas, Badaró sofreu um brutal atentado à bala, quando seguia para sua casa na Rua São José, no centro de São Paulo, atualmente Rua Libero Badaró vindo a falecer no dia seguinte, com apenas 32 anos.

Suas últmas palavras foram: "Morre um liberal, mas não morre a liberdade", frase que se tornou o simbolo da liberdade de imprensa. 
O fato causou grande comoção pública e seu enterro foi acompanhado por mais de 5 mil pessoas e cerca de 800 tochas acesas foram carregadas por manifestantes.
Os fatos que levaram a morte de Badaró aconteceram quando, alguns estudantes do Curso Jurídico em São Paulo fizeram uma campanha contra o governo monárquico. Os manifestantes tornaram-se criminosos para o ouvidor Cândido Ladislau Japiaçu e foram processados. O Observador Constitucional fez campanha em favor dos acusados e atacou Japiaçu. A partir daí teria saído a ordem para calar Badaró.

O principal acusado da morte de Badaró um alemão chamdo Stock foi julgado e condenado, Japiaçu apesar de ter sido levado a julgamento foi absolvido.
Desta forma , após a morte de Badaró aumentou a pressão da opinião pública contra o governo de D. Pedro a quem não restou alternativa a não ser a renúncia. A abdicação ao trono em favor de D. Pedro II, ocorreria em 7 de abril de 1831, menos de cinco meses após o atentado contra Badaró.

     

Exemplar de "O Observador Constitucional" , Retrato do leito de Morte de Badaró feito em aquarela por Hércules Florence, Túmulo de Badaró no Cemitério da Consolação em São Paulo e por último publicação em homenagem ao centenário da morte de Badaró em 1930.



Estes são os fatos que aqui no Brasil levaram a escolha do dia 07 de abril como o Dia do Jornalista .
Fica então nossa homenagem a todos aqueles que lutam pela liberdade de expressão e pelo direito a informação.

Feliz dia do Jornalista para todos aqueles que se dedicam a profissão !

Fotos: Reprodução / Divulgação



3 comentários:

  1. Parabéns, Celina!! Belo trabalho!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Celina!! Lindas e ricas suas postagens!! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Agradecida Celina! Muito informativa suas postagens!!! Bjsss!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...